Sangrar (e) sugar

Mukurruza - Lichinga

 

I

Estas mentes despidas;

Estas mentes desmentidas;

Estas mentes lúcidas;

Estas mentes fundidas.

 

II

São(me) encantos

Mas não são contos

Nem poesias, prosas ou sonetos,

Mas um tempo com (100) metros.

 

III

Talvez mendigue  cada instante

Da hora destas grades mentes

Que um dia brotara.

 

IV

Este é grito dos homens negros.

Não são gritos dos prumos

Das paredes crivadas.

 

publicado por Revista Literatas às 17:15 | link