A Cabala na Ceia de Leonardo da Vinci

O escritor gaúcho Eucajus Eugênio, autor do livro “Ordem dos Fantasmas” realizou uma leitura dos símbolos esotéricos inseridos nas pinturas de Leonardo da Vinci e revela que a postura e a localização dos apóstolos na Ultima Ceia correspondem com as Esferas da Cabala.

 

“Mais que revelar segredos ou códigos é preciso entender o significado de um símbolo, entender o que ele representa. Quando Da Vinci pintou o apóstolo João, não pintou uma mulher, e sim, um ser andrógino, porque João representa a esfera “Hod” da Cabala. Vou dar um exemplo prático: Na ceia, as mãos de Jesus representam o Princípio Hermético de Correspondência (O que esta em cima é igual ao que esta em baixo), basta observar que uma esta com a palma virada para cima e a outra para baixo. Na Cabala, Jesus representa a esfera “Daat”, conhecida no meio místico como a Esfera Invisível da Arvore da Vida. Aí você pergunta; Jesus a esfera invisível?

O personagem principal da ceia? Isso nos faz compreender porque Leonardo da Vinci permanecia por horas no refeitório Maria delle Grazie olhando para pintura. Ele meditava sobre uma questão: Como destacar o personagem principal e ao mesmo tempo torna-lo invisível? A resposta seria torná-lo o menos expressivo de toda a pintura! Criei uma experiência que prova essa teoria e esta divertindo os leitores do livro e do blog. Trata-se de uma imagem da ceia sem Jesus. Acredite, 98% das pessoas não percebem a ausência dele. Quando essa ausência é revelada, eles dizem ter confundido Jesus com Tiago Maior, e isso é incrível! Justamente Thiago Maior, justamente aquele que representa a esfera “Tiferet”, confirmando um principio da cabala que define: Daat é a imagem de Tiferet”.

 

A leitura dos símbolos realizada por Eucajus é surpreendente porque mostra algo que sempre esteve diante de nós. Você viu a enorme letra “S”, de Salai na Mona Lisa? Não! Então olhe ao lado do ombro direito, não esqueça, Da Vinci escrevia da direita para esquerda. Veja também a ponte acima do ombro esquerdo. Segundo Eucajus, a ponte é um símbolo místico que representa a ligação entre aquilo que pode ser percebido e aquilo que esta além da percepção.

 

Símbolos Maçons na Mona Lisa, o verdadeiro significado do pote de sal na ceia e outras revelações sobre as obras de Leonardo da Vinci você pode conferir no blog do livro repleto de imagens ilustrativas.

 

 

publicado por Revista Literatas às 09:45 | link