ORAÇÃO

Wilma Boss - Brasil

Se eu morrer daqui a pouco, não chore...
Apenas aplauda meu sorriso largo, minha boca aberta
por um palavrão escondido, não dito
ou dito e não ouvido...

Meus olhos lacrimejantes, minhas mãos estendidas
Meu dedo apontado prá eles, prá elas...
prá nós... e até prá você!

Não ligue se eu morrer daqui a pouco.
Apenas olhe... reze se sentir vontade,
Olhe meu corpo inerte e desperte:
Eu fui?

Se eu não morrer daqui a pouco,
Olhe prá mim, vele por mim, chore por mim.
Viva por mim, viva prá mim...
Enquanto eu vivo por nós
Amém!
tags: ,
publicado por Revista Literatas às 06:17 | link