"Retornar com os pássaros": uma proposta ao alto nível literário

Por Pedro Maciel - em Brasil
Retirado da revista livros e letras



Na obra do escritor Pedro Maciel, "Retornar com os Pássaros", as palavras são exactas e precisas. Imersas em puro sentimento, a sensibilidade do autor faz com que o texto simplesmente flua, sem interrupções até mesmo para a própria respiração.
Na obra do escritor Pedro Maciel, "Retornar com os Pássaros", as palavras são exatas e precisas. Imersas em puro sentimento, a sensibilidade do autor faz com que o texto simplesmente flua, sem interrupções até mesmo para a própria respiração. A todo momento o pulsar da vida é rememorado de forma vívida.


O novo lançamento da editora LeYa apresenta ao leitor um livro único, que toca em sentimentos marginalizados nos dias de hoje. Em tempos de padronização de gostos em alta escala, o romance provoca a reflexão no leitor desorientado e instiga à escuta dos próprios desejos.
"Retornar com os Pássaros", ao longo de suas 176 páginas, aborda temas atuais e recorrentes, sobre os quais nem sempre se pode refletir. Por isso, ao discutir a beleza e o preciosismo do "tempo", o autor desconversa afirmando: "Quando me apresso, apresso-me lentamente". O tempo, aliás, está muito presente ao longo de toda a prosa: o assunto é desmembrado por Pedro Maciel em diversas formas e pontuações.
Do mesmo modo que a complexa discussão a respeito do passado, presente e futuro, as palavras do romance são recheadas de questionamentos, sempre em busca da noção da descoberta de si mesmo. O autor reflete: "O espelho esconde quem realmente somos, reflete ou define algo estranho a nós. Quem eu me vejo no espelho?"
Em total sintonia com o conteúdo, a diagramação original do livro também chama a atenção. O texto aparece no canto inferior esquerdo de cada página, valorizando o vazio e o branco deixados em cada capítulo da história. Outra curiosidade do livro é que os títulos de cada capítulo são frases selecionadas do capítulo anterior, o que reforça a ideia de continuidade e o valor profundo que uma sentença consegue despertar.
O título da obra, "Retornar com os Pássaros", reaparece no último texto, seguindo a ideia de todo o romance e fechando o ciclo de retorno após descobertas singulares em cada página lida.
Autor: Pedro Maciel
Sobre o Autor

PEDRO MACIEL é autor dos romances A Hora dos Náufragos (Ed. Bertrand Brasil, 2006) e Como deixei de ser Deus (Ed. Topbooks, 2009).
publicado por Revista Literatas às 09:06 | link | comentar