CONCURSO LITERÁRIO CRISTÓVÃO PEREIRA DE ABREU


I – JUSTIFICATIVA
     O ciclo do Tropeirismo foi importante fator de desenvolvimento econômico e social, no Brasil e demais países do Mercosul.
     Foi ele, ainda, fator de integração entre esses povos, razão pela qual a Estância da Poesia Crioula, voltada para o resgate histórico e cultural desse ciclo, criou o CONCURSO LITERÁRIO CRISTÓVÃO PEREIRA DE ABREU, com o qual rende homenagem aos tropeiros, verdadeiros desbravadores do Rio Grande.
II – REGULAMENTO
1) As categorias deste concurso são: PESQUISA HISTÓRICA, POESIA E TROVA.
2) Os trabalhos deverão ser inéditos, redigidos em português ou espanhol, tendo por tema o tropeirismo. Deverão ser enviados em três vias e sob pseudônimo.
3) Poderão participar deste concurso pessoas naturais dos países do Mercosul.
4) PESQUISA HISTÓRICA: Deverá conter duas páginas no mínimo e cinco páginas no máximo, com trinta linhas cada uma,(espaço dois), ocupando um lado apenas, da folha. Deverá acompanhar o trabalho um envelope menor, lacrado, contendo: pseudônimo, nome completo, endereço e telefone.
5) POESIA: Serão aceitas todas as modalidades poéticas. A poesia deverá conter no máximo 120 versos ou linhas. Deverá acompanhar o trabalho um envelope menor, lacrado, contendo: pseudônimo, nome completo, endereço e telefone.
6) TROVA: Este gênero, o mais cultivado no tropeirismo, compreenderá a trova escrita, setissilábica e com rima dupla, rimando o primeiro verso com o terceiro e o segundo com o quarto. Máximo de três trovas por autor. Deverá acompanhar o trabalho um envelope menor, lacrado, contendo: pseudônimo, nome completo, endereço e telefone.
7) Cada autor poderá concorrer com um trabalho em cada categoria, sendo que poderão ser enviados em um mesmo envelope.
8) Os trabalhos deverão ser encaminhados, em três cópias cada um, até o dia 04 de junho de 2011 para o seguinte endereço:
ESTÂNCIA DA POESIA CRIOULA – EPC                                                                                                             Rua Duque de Caxias, 1525, Conj. 49/D                                                                                        CEP: 90.010-283 - Porto Alegre - RS – BRASIL
9) Deverá  ser enviado junto com os trabalhos, uma contribuição simbólica de R$ 10,00 (Dez reais), a título de inscrição.
10) Os trabalhos serão julgados por comissões especializadas, indicadas pela instituição promotora do concurso.
11) PREMIAÇÃO: Serão selecionados os quatro melhores trabalhos em cada categoria, os quais receberão diploma.
Os primeiros colocados em cada categoria receberão o troféu “CINCERRO DE PRATA”.
12) Os resultados serão proclamados e os prêmios conferidos em solenidade especial, em Porto Alegre, durante a realização do 55º Rodeio de Poetas Crioulos, no último final de semana do mês de junho de 2011.

     Porto Alegre, 25 de abril de 2011. 
___________________________________
          Cândido Brasil            
Presidente
publicado por Revista Literatas às 03:40 | link | comentar